Plantas Ornamentais: Madressilva do Himalaia, cultivo e cuidados

Publicidade:

A madressilva do Himalaia é um arbusto ornamental, pertencente àfamília das Caprifoliaceae, cujo nome científico é Leycesteria formosa. Originária da região da Ásia, com predominância nas florestas chinesas, a madressilva do himalaia é um arbusto decíduo e florífero. Conhecida por nomes populares como Madressilva-dos-himalaias, Madressilva-do-himalaia. Com ciclo de vida perene, sua altura fica entre 1.8 a 2.4 metros, sendo classificada, portanto, como de pequeno porte.

A madressilva do himalaia também é um arbusto que se desenvolve bem em climas mediterrâneos, continentais, oceânicos, temperado, subtropical e tropical.

Trata-se de uma planta cuja origem se deu nas florestas chinesas. A madressilva da himalaia apresenta múltiplos caules, ocos e tubulares, não muito ramificados, que formam uma ramagem esparsa. Estes caules crescem por 2 a 5 anos, quando então a planta perece, voltando a rebrotar de sua base.Madressilva-do-Himalaia-33

Suas folhas são simples, opostas, acuminadas, papiráceas e com margens bronzeadas, inteiras ou onduladas. Este arbusto sempre floresce no final do verão, despontando inflorescências pêndulas, do tipo rácemo, terminais, com flores brancas, hermafroditas e delicadas, que se abrem da base em direção ao ápice e são protegidas por brácteas de um vermelho vinho, duráveis e atrativas.Madressilva-do-Himalaia-31

►►►  Aprenda a cultivar a Jacobina Amarela, uma linda planta ornamental

Apesar de ser uma madressilva, suas flores não são muito fragrantes, mas apresentam um perfume suave e delicado. O fruto é do tipo baga, de cor vermelho escuro. Durante a floração, ela atrai muitos beija-flores e abelhas, que dão lugar a outros pássaros que vem se se deliciar com seus frutinhos, no outono. Madressilva-do-Himalaia-29

Publicidade:

Trata-se ainda de um arbusto cujo florescimento é longevo, por esse motivo a madressilva do himalaia acaba sendo uma ótima opção para se incluir em projetos de paisagismo. Com ela é possível compor conjuntos, renques ou maciços no jardim, principalmente em locais sob meia-sombra. Ela possui um colorido delicado de suas folhas, que se combinam de forma equilibrada e ao mesmo tempo exuberante com outras plantas de folhagem colorida. A madressilva ainda serve como pano de fundo para outras espécies. Suas inflorescências pendentes são um charme à parte e fazem sucesso onde são cultivadas.Madressilva-do-Himalaia-27

No entanto, por ser uma planta de fácil dispersão é considerada por alguns especialistas como uma planta invasiva em certos locais e situações.Madressilva-do-Himalaia-26

►►►  Como cultivar a Mururé, uma planta aquática encantadora

Quanto ao seu cultivo, este pode ser sob sol pleno ou meia-sombra, em uma ampla variedade de solos, de preferência humosos ou enriquecidos com matéria orgânica e irrigados regularmente. Apesar de não ser muito exigente em água, ela pode enfraquecer e se tornar suscetível a pragas durante períodos de estiagem.

Madressilva-do-Himalaia-25 Madressilva-do-Himalaia-20 Madressilva-do-Himalaia-19 Madressilva-do-Himalaia-18 Madressilva-do-Himalaia-17 Madressilva-do-Himalaia-14 Madressilva-do-Himalaia-13 Madressilva-do-Himalaia-11 Madressilva-do-Himalaia-9 Madressilva-do-Himalaia-8 Madressilva-do-Himalaia-7 Madressilva-do-Himalaia-5 Madressilva-do-Himalaia-4 Madressilva-do-Himalaia-2 Madressilva-do-Himalaia-1 Madressilva-do-Himalaia-49 Madressilva-do-Himalaia-44 Madressilva-do-Himalaia-43 Madressilva-do-Himalaia-39 Madressilva-do-Himalaia-38 Madressilva-do-Himalaia-36 Madressilva-do-Himalaia-40 Madressilva-do-Himalaia-28 Madressilva-do-Himalaia-3 Madressilva-do-Himalaia-12 Madressilva-do-Himalaia-21 Madressilva-do-Himalaia-22 Madressilva-do-Himalaia-24

Você também vai gostar desses...