Dicas para organizar sua viagem para Lisboa

Publicidade:

Recentemente, foram listados os melhores destinos da Europa. Figurando na segunda colocação está a cidade de Lisboa, em Portugal, que foi citada por nada menos do que 20% dos turistas que já viajaram para algum destino no continente.Bondinho-em-Lisboa E isto é muito justificado. Lisboa possui farta variedade de hospedagem, há redes internacionais de hotéis, além de hostels, para os que desejam uma viagem mais econômica. Há ainda a questão gastronômica, em particular para os brasileiros. Há diversos restaurantes, tascas (um tipo de bar) e cafés que servem pratos que são referência na culinária brasileira, como os tradicionais pratos feitos à base de bacalhau. Há ainda outros que são imperdíveis e devem ser provados – os pratos à base de sardinha, os pastéis de belém, os cozidos portugueses e uma indesviável quantidade de doces, os quais estarão presentes em todos os menus. Mas, como se trata de um roteiro internacional, há outras variedades gastronômicas, que vão da cozinha japonesa, à típica pizza italiana.Lisboa É importante ficar atento a algumas questões práticas. A língua oficial do país é o português, no entanto, inglês é compreendido nas ruas e no comércio. Como Portugal faz parte da Comunidade Europeia, a moeda oficial é o euro. Não é necessário, nem há a exigência de quaisquer vacinas. Quem está planejando uma viagem a Lisboa, o mais indicado é organizá-la entre os meses de junho e agosto, que é verão no país. No entanto, vale preparar a mala de maneira bem leve – faz muito calor. Trata-se, ainda, do período de estiagem, e que também contempla várias festividades e comemorações das quais valem a pena participar. No entanto, todos os pontos turísticos e eventos ficam abarrotados de gente. No entanto, se a ideia é viajar em período mais tranquilo, o ideal é seguir para Lisboa entre os meses de setembro e outubro, as temperaturas são mais amenas, e as passagens bem mais em conta.Lisboa-Belo-Lugar O ideal para quem nunca viajou a Lisboa é ficar hospedado no Centro da cidade, que oferece boa hospedagem e locomoção fácil para os pontos de interesses. Na Avenida Liberdade, por exemplo, é possível avistar o parque Eduardo VII ou charmosos estabelecimentos no Chiado, no Bairro Alto e em Prazeres. A vantagem de estar nestes locais é a proximidade com atrações turísticas, transportes públicos e bons cafés e restaurantes, o que não impede de organizar uma hospedagem mais em conta, em bairros mais afastados, como Belém, que dá vista para as colinas do rio Tejo, que corta Portugal de ponta a ponta.

Publicidade:

►►►  Saquarema, Um dos Locais Mais Deliciosos do Rio de Janeiro

Lisboa-Belos-Passeios Lisboa-em-Portugal Lisboa-Passeios Lisboa-Passeios-Lindos Lisboa-Turismo Paisagem-em-Lisboa Passear-em-Lisboa Passeio-em-Lisboa Passeios-em-Lisboa Torre-de-Belém-em-Lisboa Turismo-em-Lisboa Vista-de-Lisboa Vista-Lisboa

Você também vai gostar desses...