O incrível Monte Fuji, no Japão, encanta por sua beleza e imponência

Publicidade:

Um dos locais mais atrativos do Japão, que é reconhecidamente procurado por milhares de pessoas todos os anos é o Monte Fuji.

Publicidade:

O Monte Fuji, está na fronteira das províncias de Shizuoka e Yamanashi, e é um dos poderosos símbolos do país. Trata-se de um imponente símbolo que é reverenciado por mestres da pintura, poetas e músicos, que com seus desenhos impressos em imagens clássicas das xilogravuras ukiyo-e, também é  admirado por dezenas de milhares de montanhistas que escalam os seus 3776 metros de altura.

Patrimônio da Humanidade tombado pela UNESCO, em 2013, o Monte Fuji oferece duas maneiras para que o turista faça a contemplação da beleza deste vulcão que está inativo desde 1707: contemplando suas formas simétricas de bem longe ou encarando a longa subida até sua cratera, ou escalando junto aos excursionistas,  durante o período oficial de escalada, que acontece sempre no verão, quando as neves de seu cume derretem.

►►►  Vai para a Índia? Veja as melhores dicas aqui

Imagens-do-Monte-Fuji-4Para se ter uma ideia da imponência do Monte Fuji, da cidade de Tóquio, em dias bem claros, de dois locais distintos é possível contemplar as belezas do Monte Fuji: da sede da prefeitura e  da  Tokyo Tower.Imagens-do-Monte-Fuji-5
É possível escalar o Monte Fuji, mas é importante fazê-lo com a ajuda de todos os equipamentos necessários e um guia, embora haja milhares de peregrinos que fazem esta escalada, ao menos uma vez na vida, e sozinhos. O passeio é muito bacana, embora perigoso – o terreno é escorregadio e são de pedriscos de lava sólida; o vento é incessante e, a vista lá de cima decepciona um pouco, já que o Monte costuma estar sempre encoberto por nuvens.

Imagens-do-Monte-Fuji-3

Para fazer a subida, é importante seguir algumas orientações: nas 4 trilhas há dez estações de descanso, completas com lanchonetes, abrigos, banheiros, lojas de suvenires e até máquinas de refrigerante. Lembre-se de que são ao todo 2.400 metros de subida. As trilhas se iniciam em diferentes partes da montanha e são elas Fujinomiya, Gotemba, Kawaguchi-Yoshida-guchi e Subashiri; a primeira é a mais curta, a segunda mais popular, a terceira a mais movimentada e a quarta tem início lá pelos 2.000 metros e leva até 5 horas para ser completada.

►►►  Viajando para Brasília? Saiba mais sobre o que fazer na capital federal brasileira

Imagens-do-Monte-Fuji-6

Os níveis de dificuldade são considerados de médio para baixo, de acordo com os alpinistas. Há pessoas que levam 3 horas para subir, então calcule até 7 horas de passeio; a época de temporada oficial para o passeio vai do início de julho a meados de setembro.
Imagens-do-Monte-Fuji-7 Imagens-do-Monte-Fuji-8 Imagens-do-Monte-Fuji-9 Imagens-do-Monte-Fuji-10 Imagens-do-Monte-Fuji-11 Imagens-do-Monte-Fuji-12

Festival de Flores Shibazakura no lago Motosu

Festival de Flores Shibazakura no lago Motosu

Imagens-do-Monte-Fuji-15 Imagens-do-Monte-Fuji-16 Imagens-do-Monte-Fuji-17 Imagens-do-Monte-Fuji-18 Imagens-do-Monte-Fuji-19 Imagens-do-Monte-Fuji-20 Imagens-do-Monte-Fuji-21 Imagens-do-Monte-Fuji-22 Imagens-do-Monte-Fuji-23 Imagens-do-Monte-Fuji-24 Imagens-do-Monte-Fuji-25 Imagens-do-Monte-Fuji-26 Imagens-do-Monte-Fuji-27 Imagens-do-Monte-Fuji-28 Imagens-do-Monte-Fuji-29 Imagens-do-Monte-Fuji-30 Imagens-do-Monte-Fuji-31 Imagens-do-Monte-Fuji-32

Você também vai gostar desses...