Montreux, dicas para curtir essa bela cidade suíça

Publicidade:

Localizada ao sudeste da Suíça, bem como aos pés dos famosos Alpes, a cidade de Montreux pode ser considerada quase uma contradição em seu país de origem. Com 41 mil quilômetros quadrados de extensão, a cidade é marcada por uma paisagem de caráter bucólico, em meio a tantos outros destinos tradicionais que acercam a Suíça.Cidade-de-Montreux

Montreux pode ser chamada de cidade com clima de cinema, também. Várias personalidades escolheram viver lá, ao menos por certo período. Charles Chaplin, por exemplo,  morou em Montreux por mais de 25 anos; já a banda inglesa Queen manteve um estúdio naquelas terras, sendo que até a casa onde Freddie Mercury foi capa do álbum ‘Made in Heaven’; o compositor russo Stravinsky aproveitou o microclima local para tratar de problemas de saúde e compôr obras como  “The Rites of Spring”; e literatos famosos como Nabocov e Ernest Hemingway também passaram um longo período em Montreux.Cidade-Montreux

Montreux apresenta um conjunto arquitetônico e histórico bastante conservado, o que atrai bastante os turistas que curtem conhecer melhor a história e cultura locais. Com pouco mais de 23.000 habitantes, Montreaux é classificada como uma comuna democrática, repleta de trilhas urbanas, que seguem em direção a uma reserva natural da cidade. Há diversas rotas para serem feitas de trem, de carro, panorâmicas, que levam aos vários vinhedos e às florestas locais.Linda-Montreux

►►►  Vai pra Itália? Descubra as opções de hospedagem na bota

Mas, diferente de outros lugares mais refinados, Montreux costuma ser democrática e generosa com seus visitantes. Há hospedagens para todos os gostos, todos os bolsos, que podem ser escolhidas entre hotéis, hostels e pousadas. O estilo de cada viajante pode ajudar a definir inclusive onde ele deverá se hospedar. Quem gosta de agitação, o mais indicado é ficar nas cercanias de Montreux mesmo, pois lá estão os melhores bares, restaurantes e baladas. Já quem deseja um pouco menos de agito, aconselha – se a ficar perto do centro histórico, em bairros mais distantes, para evitar os longos congestionamentos que se formam em Montreux. Sim, como as ruas não são tão largas e, além disso, o número de carros particulares e alugados em época de alta temporada,  tendem a dobrar, o que pode ser um problema para quem busca descanso.Montreux

Nos bairros históricos, as ruas ainda são de paralelepípedos, que se misturam aos cenários repletos de lagos característicos do sul da França, mesmo estando distante a alguns quilômetros dali. Montreux deve ser destino de quem gosta de mesclar o bucólico e o ficcional do mundo do cinema.
Montreux-Bela Montreux-Chateau-de-Chillon Montreux-Cidade Montreux-Igrejas Montreux-Linda-Cidade Montreux-Maravilhosa Montreux-Maravilhosa-Cidade Passear-em-Montreux Passeios-em-Montreux Turismo-em-Montreux Viajar-Para-Montreux Passeios-Montreux

Publicidade:

►►►  Ilhas Cook, dicas para aproveitar o que tem de melhor nesse lugar

Você também vai gostar desses...