Viaje para a cidade de Garibaldi, no Rio Grande do Sul

Publicidade:

Quem pensa que as cidades serranas do Rio Grande sul produzem somente vinhos, esqueça. Não somente de vinhos vivem as cidades turísticas de lá, como é o caso da cidade de Garibaldi, localizada acerca de 115 quilômetros da capital Porto Alegra. Vizinha ainda de outras cidades importantes como Bento Gonçalves,  Garibaldi tem como principal atratividade a produção de espumantes – Chandon, Peterlongo e Georges Aubert. Ideal para quem quer apreciar boa bebida, boa gastronomia e ainda curtir aquela paisagem cinematográfica das cidades do sul.Garibaldi

O cenário é rodeado por colinas e parreiras. Lindo de se ver. Há de arquiteturas típicas europeias, as quais remetem à região francesa de Champagne, aos tours guiados que apresentam os setores de produção e de elaboração da principal fonte de renda de Garibaldi. Todos os passeios terminam sempre com degustação e, obviamente, na compra de algumas garrafas.
Garibaldi-Bela-Cidade

Aliás, Garibaldi é uma cidade perfeita para quem quer aliar três grandes prazeres: comer, beber e comprar. Aproveite o embalo para comprar, com desconto, saca-rolhas, petisqueiras, baldes para garrafas e talheres em aço inoxidável diretamente da fábrica da Tramontina, que fica nas     cercanias da cidade.Garibaldi-Cidade

►►►  Ilhabela, pedacinho na Terra que faz jus ao nome

Mas há passeios históricos como é de tradição em grandes cidades que fizeram parte da história. Há uma maria fumaça, que parte de Bento Gonçalves, acerca de 16 quilômetros de Garibaldi.  O passeio começa com distribuição de suco de uva e vinho na estação de origem e termina na cidade vizinha de Carlos Barbosa e conta com uma parada estratégica, que feita na cidade. A parada tem muita  música e brindes de champagne. E dura cerca de duas horas.Garibaldi-Cidade-do-RS

Não tem jeito. Quem estiver lá, é obrigatório fazer o roteiro histórico, passeando pelo centro para apreciar as construções do início do século XX, com influências europeias. Entre elas estão a mansão Mazzini, as igrejas dos Capuchinhos e da Matriz e o Museu Municipal, com objetos dos imigrantes. A visitação pode ser feita também em um caminhão adaptado, que cobra uma pequena taxa de R$ 10,00 por passageiro. Evita o cansaço, caso  já tenha batido bastante perna.Garibaldi-no-Inverno

►►►  Dicas Para Passar o Natal em Gramado

A melhor época para seguir viagem à Garibaldi é mesmo no inverno. Tudo fica muito mais charmoso e atraente. Os restaurantes acendem as lareiras, e vinhos e pratos típicos – além dos de alta gastronomia – são apreciados em clima delicioso, de friozinho gaúcho.   Garibaldi-no-Natal

 Excelentes serviços e infraestrutura.

Publicidade:

Garibaldi-RS Igreja-em-Garibaldi Mansão-Manzzini-em-Garibaldi Restaurante-DiPaolo-em-Garibaldi-RS Turismo-em-Garibaldi Vinho-em-Garibaldi

Você também vai gostar desses...