Primeira viagem para Israel? Confira essa dicas e não perca nada do melhor!

Publicidade:

Visitar a terra de Israel é ter contato com uma das raízes mais profundas da própria história da humanidade. O Estado de Israel é um estado histórico, no entanto pode ser classificado como muito jovem, uma vez que foi criado em 1948, com o intuito de servir de pátria para os judeus que, por mais de anos se espalharam pelo mundo, expulsos pelos romanos quando da fundação do cristianismo.  De lá para cá, há mais de 2.000 mil anos, os conflitos foram intensos, mártires surgiram, como Moisés. O fato é que todo visitante logo percebe que esse é um país único. Para muitos, um destino a ser evitado, para outros tantos, a viagem de uma vida.

Israel é uma terra santa, querida por muitos e odiada também por tantos. A terra de Israel está no meio de uma disputa que parece não ter fim. No entanto, há uma infraestrutura turística que costuma ser de excelência – mas vale lembrar que muitas informações estão em hebraico ou árabe. Pouco se ouve inglês nas ruas. Foto-de-Israel-47

►►►  Okinawa, dicas para curtir essa diferente cidade

Já a cozinha é leve, saborosa e saudável, com muitos pratos conhecidos dos nossos restaurantes árabes, como os onipresentes falafel e homus, mas com gosto de produto original. Sem contar que há uma variedade de opções que oferecem as tradicionais comidas kosher – comidas típicas judaicas. Além disso, há ótima comida internacional.

Foto-de-Israel-27

O principal ponto a ser visitado em Israel, a terra prometida no meio do deserto e que não sofre com a falta de água, é Jerusalém, a terra onde Cristo teria nascido. Ponto de convergência para judeus, árabes e cristãos. Sem contar os palestinos. Na cidade velha, encontra-se o local onde Cristo pregou e foi crucificado e Maomé ascendeu aos céus.

Foto-de-Israel-16

Das encostas do monte das Oliveiras ao Muro Ocidental, do reluzente Domo da Rocha aos mercados da Cidade Velha, culturas, religiões e povos vêm cruzando seus caminhos por aqui por cerca de milênios, com uma atmosfera única, densa, mas que ao mesmo tempo, é repleta de encantos.

►►►  Conheça os encantos da Chapada dos Veadeiros

Foto-de-Israel-4 Vale seguir, portanto, os passos de Jesus em Nazaré e Belém, onde está a Igreja da Natividade, conheça a vida comunitária dos kibutzim e subir ao alto do altivo forte em Masada. Aos seus pés está o Mar Morto, mais profunda depressão terrestre, quase fica a 400 metros abaixo do nível do mar, com suas águas tão salobras que é praticamente impossível afundar nelas.

Foto-de-Israel-19 Foto-de-Israel-7 Foto-de-Israel-2 Foto-de-Israel-38 Foto-de-Israel-6 Foto-de-Israel-25 Foto-de-Israel-3 Foto-de-Israel-11 Foto-de-Israel-12 Foto-de-Israel-36 Foto-de-Israel-24 Foto-de-Israel-8 Foto-de-Israel-40 Foto-de-Israel-5 Foto-de-Israel-9 Foto-de-Israel-13 Foto-de-Israel-31 Foto-de-Israel-21 Foto-de-Israel-26 Foto-de-Israel-30 Foto-de-Israel-46 Foto-de-Israel-37 Foto-de-Israel-44 Foto-de-Israel-10 Foto-de-Israel-20 Foto-de-Israel-15 Foto-de-Israel-17 Foto-de-Israel-22 Foto-de-Israel-23 Foto-de-Israel-29 Foto-de-Israel-35 Foto-de-Israel-18 Foto-de-Israel-45 Foto-de-Israel-48 Foto-de-Israel-32 Foto-de-Israel-34 Foto-de-Israel-33 Foto-de-Israel-28 Foto-de-Israel-42

Publicidade:

Foto-de-Israel-14 Foto-de-Israel-41 Foto-de-Israel-39

Você também vai gostar desses...